[Infográfico] Saiba como praticar o mindfulness

Há 1 ano uma prática de meditação cruzou o meu caminho, o mindfulness , técnica que ajuda a melhorar a saúde e a concentração na prática de esporte, no ambiente profissional e nos estudos. A ideia é conseguir atenção total no presente, em cada som, sensação, cheiro, pensamentos, ou seja, ter consciência de si mesmo.

A mente de pessoas ansiosas, por exemplo, acabam tomando vida própria e levando a pensamentos fantasiosos do futuro ou vivendo em eventos do passado. Essa prática pode auxiliar nesses quadros, vale lembrar que pessoas com problemas de saúde mental devem usar esse método apenas como complemento, é importante procurar ajuda profissional.

Para começar a praticar esse tipo de meditação, você precisa ter um propósito, pode ser a atenção total em sua respiração, lembrar de algum momento da sua vida ou se concentrar em uma emoção. Pessoas que levam consigo essa prática apreciam o aqui e agora, vivem mais intensamente, reduzem dores crônicas, sentem menos estresse e possuem inteligência emocional mais desenvolvida.

Então, respire fundo e comece a praticar o mindfulness com esse infográfico!

alexsander-queiroz-silva-mindfulness

 

curta! 😉

4 caminhos para ter mais calma e paciência

alexsander-queiroz-silva-meditacao

Já parou para refletir quantas vezes no seu dia você respira profundamente ou sente o aroma das flores nas árvores por onde passa? A correria das cidades e o imediatismo das novas tecnologias tornaram as sociedades cada vez mais estressadas e com problemas de saúde mental como a ansiedade e depressão.

O primeiro caminho para ter mais calma é voltar-se para dentro de si, ou seja, para lidar com o exterior precisamos arrumar o interior. Comece lidando com as emoções e resolvendo problemas internos, que muitas vezes, impactam negativamente em seu dia a dia em forma de estresse, no trânsito ou em uma simples fila de banco. Para você começar a encontrar a sua paz interior eu separei 4 caminhos que podem ajudar.

alexsander-queiroz-silva-calma

Cuide da sua saúde emocional e física

Quando o físico não está equilibrado impacta no emocional, nos deixando estressados e impacientes, da mesma forma que os problemas da mente podem ser refletidos no corpo. O caminho aqui é equilibrar a balança entre os dois, se você perceber que um deles está pesando, procure ajuda profissional e familiar.

Faça exercícios de respiração

Tão natural quanto existir é o ato de respirar, certo? Porém, muitas vezes não prestamos atenção em como o ar entra e sai dos nossos pulmões. Esse exercício é bastante indicado para pessoas com Transtorno de Ansiedade, que vivem no passado ou no futuro, a respiração guiada auxilia o indivíduo a ficar mais consciente do espaço e dos seus sentimentos.

Se coloque no lugar do outro

Sufocados em nossas rotinas imediatas onde tudo se resolve a um clique, esquecemos de ouvir e entender que o outro também importa. Diante de conflitos pratique o exercício da empatia, essa é uma forma muito eficiente de compreender diferentes pontos de vista e encontrar a calma e o equilibrio emocional.

Tente meditar

Pessoas com problemas de saúde mental como ansiedade e depressão podem encontrar equilíbrio nessa prática. O simples fato de aprender a viver no presente auxilia a mente a encontrar calma e paciência. É importante introduzir essa prática aos poucos, que tal começar com cinco minutos de olhos fechados apenas prestando atenção em sua respiração?

curta! 😉

Sorria você está entrando em 2018

Alexsander Queiroz Silva

Permita-me caro leitor começar esse texto com um pequeno clichê, entra ano e sai ano e sempre sentimos aquela vibração diferente no ar, como se tudo pudesse de alguma forma ser diferente. Para falar a verdade tudo pode ser diferente, depende apenas da forma como encaramos as situações que passamos e o peso que damos para cada situação. Para 2018 ser o ano do otimismo achei que escrever esse post seria mais que apropriado.

Para começar, esteja disponível para a mudança, se você não abraçar a possibilidade da atitude otimista ela vai se distanciar cada vez mais de você. O que eu falo aqui não é sorrir igual um bobo para todos o tempo todo, temos momentos bons e ruins, desafios, trânsito, chefe extressado, a minha dica é a forma como podemos lidar com essas situações por uma ótica positiva, ou seja, não achando que tudo está acabando, mas entendendo que todas as situações possuem um propósito e podemos tirar lições construtivas dos piores momentos.

Não é fácil manter o otimismo, especialmente nos casos de pessoas com problemas de saúde mental, nesses cenários apenas algumas dicas e atitudes não serão suficientes e será necessário procurar ajuda especializada. Em todo caso, algumas atitudes podem te ajudar a manter o otimismo, por isso, eu separei alguns segredos que costumo compartilhar com os meus pacientes.

Alexsander Queiroz Silva Otimismo

Evite criar expectativas

Quando criamos certas expectativas em relação a algo ou alguém, podemos facilmente nos frustrar quando o que queremos não acontece. Por isso, vale tentar viver o momento e deixar que tudo aconteça naturalmente e aceitar as pessoas como elas são.

Resignifique o mundo

Torne a sua vida um lugar legal para se viver, seja colocando um recadinho no wallpaper do seu celular dizendo que você vai conseguir, ou deixando a mesa do seu trabalho mais descontraída, ou seja, deixe o seu mundo um lugar mais bonito para você.

Seja grato

Seja pelas pessoas que fazem parte da sua vida, pelo seu trabalho, sua casa ou pelo carinho do seu animal de estimação. Atitudes simples como essas reduzem os níveis de cortisol, hormônio responsável pelo estresse.

Relembre as suas vitórias

Quando a vida te colocar para baixo uma das formas de se manter positivo é lembrando tudo que você conquistou e superou até então. Relembre a sua força, capacidade de superação e o quanto você ainda pode alcançar.

Cuide da sua saúde

Mente sã corpo são, quando você se sente bem fisicamente e com vontade de sair da cama tudo se torna mais simples. Quando não dormimos bem ou comemos alimentos gordurosos sentimos diretamente em nosso humor, o que fatalmente reflete em uma atitude negativa.

curta! 😉